VIAGEM AO MARANHÃO

P1150330

O Maranhão sempre despertou curiosidade em mim. De vez em quando olhava pro lado de lá atraído ora pelos os casarões revestidos de azulejos, ora  pela festa de São João diferente com o Bumba meu boi, e mais recentemente pelos Lençóis. Más acabava deixando pra lá por achar que não valeria  a pena ir conhecer só a capital - já que o sedentarismo “gritava” que eu não conseguiria aproveitar o Lençóis (falta de informações), ou talvez por lembrar do Sarney, sei lá. O fato é que deixava pra lá.

P1150377
Cidade de São Luís.

Por isso a minha ida ao Maranhão aconteceu de forma inesperada. Tive uns dias livres e queria muito aproveitar para viajar, pensei em alguns destinos da América do Sul mas acabou não deu certo. Então pensei em algum lugar no Brasil que ainda não conhecesse, e veio o Maranhão como opção que logo descartei, mas depois reconsiderei a ideia aproveitando que junho é o mês das festas, é uma boa época para visitar os Lençóis, e ainda conheceria São Luís a cidade dos azulejos.

P1150489
Apresentação do bumba meu boi na festa de São João.

DSCF6400

Para não mudar de ideia providenciei logo as passagens para São Luís sem ter uma programação detalhada do roteiro. Só sabia que conheceria a capital e o restante do tempo seria dedicado aos Lençóis Maranhenses. Só reservei a primeira noite de hospedagem e o restante fui deixando acontecer, pois não sabia exatamente onde ficar e quanto tempo ficar.

Deu certo? Deu super certo e a viagem foi maravilhosa! aproveitei muito.

Conheci uma terra que apesar dos pesares é maravilhosa, tem um povo receptivo que mantem uma cultura popular riquíssima, uma boa gastronomia e uma paisagem incrível. E como não bastasse tudo isso, tive ótimos companheiros de viagem que conheci por onde passei. Com tudo isso é claro que a viagem foi muito boa.

page
Ouvia-se o Tambor de Crioula no mercado do Centro Histórico.

Cheguei a São Luís no final da tarde de uma sexta-feira e fiquei até a madrugada de segunda-feira. Tive tempo para andar com calma pelo Reviver, conhecer alguns atrativos históricos e culturais, ouvir o tambor de crioula e conhecer as caixeiras (mulheres que cantam enquanto tocam tambores na festa do Divino). Curti o início das festas de junho com apresentação de Bumba meu boi e comi pela primeira vez o arroz de cuxá, gostei. Fui conhecer a orla da capital e não gostei. 

De São Luís viajei de van e pau de arara (Toyota) até Santo amaro, cidade que a princípio eu não iria e acabei ficando 02 dias e foi lá que conheci o melhor dos Lençóis Maranhenses. Segui viajando em Toyota para chegar a Barreirinhas, e de lá segui de voadeira pelo rio preguiça até Atins. Uma vila rustica que pertence ao município de Barreirinhas, lá vi mais dos lençóis, comi camarão grelhado e conheci um turma ótima na pousada onde fiquei.

Terminei a minha viagem em Barreirinhas que seria minha base para conhecer os Lençóis e por fim fiquei somente  01 noite, mas tive tempo suficiente para conhecer o Circuito da Lagoa Bonita e o Circuito da Lagoa Azul.

DSCF6545


O meu roteiro acabou ficando assim:
1º dia: Vitória – São Luís.
Cheguei já no fim do dia e fui bater perna no “Reviver” – parte do Centro Histórico. À noite fui ao São João de São Luís.
2º dia: São Luís.
Centro Histórico de dia e à noite voltei ao Arraial para assistir apresentações de Bumba meu boi.
3º dia: São Luís.
À tarde fui a Praia do Calhau.
4º dia: São Luís – Santo Amaro.
Saída de madrugada para Santo Amaro. À tarde tive o meu primeiro contato com as dunas e lagoas.
5º dia: Santo Amaro.
Passei o dia no no Parque dos Lençóis Maranhense.
6º dia: Santo Amaro – Atins.
Chegada a Barreirinhas. Passeio de voadeira pelo Rio Preguiça até Atins, e revoada dos guarás no fim da tarde.
7º dia: Atins.
Mais um dia no parque com almoço no Canto de Atins e fim de tarde na praia.
8º dia: Atins – Barreirinhas.
Retorno a Barreirinhas pela manhã e à tarde circuito da lagoa bonita.
9º dia: Barreirinhas – Vitória.
Circuito da lagoa azul pela manhã. À tarde aeroporto de São luís.

Gostei do meu roteiro de viagem, acho que aproveitei bastante. Queria visitar o Centro Histórico de São Luís com calma mas hoje não teria ficado o terceiro dia na cidade para ir a orla, melhor se tivesse ido a Alcântara.

LEIA MAIS SOBRE A MINHA VIAGEM AQUI:

Não tive tempo para planejar a viagem, mas contei com relatos de:  MATRAQUEANDO, MOCHILÃO TRIPS, MOCHILEIROS, MUITA VIAGEM, 1000 DIAS, TUROMAQUIA, VIAGEM MASSA, VIAGENS CINEMATROGRÁFICAS.

DSCF6530
Parque dos Lençóis Maranhenses.

DSCF6460

DSCF6653

DSCF6725

QUANTO CUSTOU?
Quem quer viajar mas tem que pensar na grana faz sempre essa pergunta. Pois é, é o meu caso.
A minha passagem de Vitória a São Luís foi com milhas, só paguei a passagem de volta. Em São Luís dormi em Hostel, comi em restaurantes simples mas também fui almoçar em um restaurante mais caro e bebi cerveja. Usei taxi e ônibus.
Nos Lençóis fiz vários passeios (vou colocar os preços quando escrever sobre eles), fiquei em pousadas simples mas não em espeluncas e comi bem.
Não comprei presentes.
A minha viagem custou R$ 1.648,27.

DSCF6743
Fim de tarde em Atins.

* SAIBA MAIS SOBRE O MARANHÃO:
Estado Brasileiro localizado na Região Nordeste do Brasil.  Segundo o IBGE tem uma população de 6.794 298 habitantes.
O território que compreende o Maranhão era ocupado por comunidades indígenas. Posteriormente, durante a colonização brasileira, o estado foi disputado por franceses, portugueses e holandeses. Além dos índios e dos colonizadores europeus, a população maranhense tem fortes elementos dos africanos, que foram trazidos para a realização do trabalho escravo.
São Luís, capital do Maranhão, com 1.014.837 habitantes é a cidade que possui maior concentração populacional do estado.
O Maranhão apresenta grande pluralidade cultural, tendo como principal manifestação popular, a festa do bumba meu boi. Outro elemento que também esse aspecto é o tambor de crioula.
Com graves problemas socioeconômicos, o Maranhão é o penúltimo colocado no ranking nacional do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O índice de mortalidade infantil também é alto.
O Maranhão é o segundo maior estado nordestino, além de possuir a segunda maior costa litorânea brasileira, com extensão de 640 quilômetros. O estado é o único do Nordeste que tem parte do território coberto pela floresta Amazônica.
O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é uma importante área de proteção ambiental. Esse parque possui 155 mil hectares, onde são encontrados rios, lagos, manguezais e dunas, que atingem até 50 metros de altura.
* Por Wagner de Cerqueira e Francisco (Graduado em Geografia) – Site Brasil Escola: http://www.brasilescola.com/brasil/maranhao.htm

14 comentários :

  1. Olá Marcelo! Parabéns pelo blog, está muito legal! Sou o Anderson, nós nos encontramos nessa viagem do Maranhão. Fiz a travessia com minha namorada. Coloquei meu relato lá no Mochileiros (http://www.mochileiros.com/travessia-lencois-maranhenses-junho-14-t98486.html), depois dê uma lida. Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anderson, claro que lembro de você. Estava mesmo esperando um contato seu e ansioso para ler o seu relato sobre a travessia. Vou correndo no Mochileiros.
      Eu estou escrevendo aos poucos sobre a minha viagem, e vem muita coisa ainda pela frente. Quando quiser venha relembrar o Maranhão. Grande abraço.

      Excluir
  2. Oi, Anderson! Poderia me dizer se nesse valor de R$ 1.648,27 estão incluídos alimentação, vans, toyotas, pousadas e passeios? Tenho receio de não levar grana suficiente, mas ao mesmo tempo, não gostaria de gastar mais do que o necessário. Quanto vc acha que gastaria nos dias atuais? Tenho muitas dúvidas, pois esta será minha primeira viagem fora do estado de SP. Minhas férias é em Junho, não tenho nada arranjado e pretendo ir sozinho. Penso em uns 12 dias por lá. Me desculpa pelas perguntas. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anônimo, acho que a pergunta é pra mim, Marcelo, autor do blog.
      Sim, o valor que gastei inclui todas as despesas. Mas fiquei em albergue em São Luís e pousadas simples. Para ter uma informação melhor sobre os valores de hoje, veja aqui no blog as postagens sobre a viagem e pegue os contatos dos lugares, assim você vai poder fazer uma previsão dos gastos. 12 dias é um tempo bem legal. Eu fiquei 9 dias e aproveitei bastante. Você vai poder fazer passeios que não fiz por falta de tempo (mas isso também significa mais gastos com hospedagem, alimentação e passeios). Aproveite a viagem e pode perguntar.

      Excluir
  3. Oi Marcelo, agradeço pela resposta e aproveito para pedir desculpas por confundir os nomes. É tranquilo conseguir pousadas com preço mais em conta (essas nas quais vc ficou) sem antes efetuar reserva? Levou muita roupa? Em Mala (dessas de rodinha..rs), mochila? E quanto ao uso de celular lá? fez muito uso do mesmo? Eu sei, vc deve estar pensando "que cara chato" e eu concordo...rs
    Valeu pela atenção!
    Paulo

    ResponderExcluir
  4. Oi Paulo, foi muito tranquilo conseguir pousadas. Só fiz reserva no albergue que fiquei em São Luís na minha chegada, até mesmo porque não fui com um roteiro definido de quantos dias ficar em cada lugar. Levei pouca roupa, uma calça e um tênis para viagem e o restante só bermuda e camiseta, não precisa mais do que isso. Mala de rodinha não rola nesses destinos né. Quando viajo não fico preso a celular. E os Lençóis Maranhenses é um lugar para você ir e esquecer o celular. Vá tranquilo e aproveite!

    ResponderExcluir
  5. Adorei as informações. Ja comprei minhas passagens para conhecer São Luiz e muito mais. A princípio quero me encantar com o Bumba meu Boi, depois verei...me animou saber que com disposição muito conhecerei. Adorei seus textos e dicas. Meu nome é Marise e gostaria de sugerir que você publicasse um livro com seus relatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou. Obrigado pela visita ao blog.

      Excluir
  6. Oi Marcelo! Muito bom o seu blog. Sugiro que da próxima vez você inclua outros roteiros na sua viagem, em especial o polo turístico da floresta dos guarás situado no litoral ocidental maranhense. Essa região possui os mais preservados manguezais do Brasil , com fauna e flora exuberantes. (Mais informações no link: http://belezasnaturais.com.br/conheca-a-floresta-dos-guaras-onde-a-amazonia-encontra-o-mar-maranhao/?lang=pt).

    ResponderExcluir
  7. Me sinto presenteada lendo os seus relatos. Estou organizando meu roteiro e com certeza o seu é uma grande inspiração. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Que bom que os meus posts estão te ajudando.

      Excluir
  8. Olá Marcelo você acha que foi suficiente ficar 1 dia e meio em Santo Amaro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo. Pra mim foi suficiente, pois no dia que cheguei conheci o que era próximo dali e no dia seguinte fiz um passeio de dia inteiro conhecendo muita coisa dos lençóis e se eu ficasse mais tempo não teria feito os outros passeios que fiz em Atins e Barreirinhas. A cidade em si não tem o que fazer, mas se você tiver com tempo voltar aos lençóis nunca é demais.

      Excluir