Festa do Caboclo Bernardo em Regência

Festa do Caboclo Bernardo em Regência

Mês passado aconteceu mais uma edição da Festa do Caboclo Bernardo em Regência, litoral norte do Espírito Santo, e eu estava lá. Mas antes de falar sobre a festa é preciso falar de Regência e do Caboclo Bernardo.

Regência Augusta ou simplesmente Regência

Regência é uma Vila de pescadores na foz do Rio Doce, município de Linhares. Lugar simples de ruas sem calçamento distante aproximadamente 120 km de Vitória sendo que desses, uns 30 são em estrada de terra.

Festa do Caboclo Bernardo em Regência

A rotina do lugar era a pesca, que começou a ser modificada justamente devido a simplicidade e características naturais sendo desenvolvido o turismo ecológico. A praia quase deserta atrai as tartarugas marinhas para colocar os seus ovos. Isto fez com que uma das primeiras bases do Projeto TAMAR fosse instalada ali, atraindo visitantes para o Centro de Educação Ambiental e para o Centro Ecológico. Uma das coisas mais legais é assistir a soltura dos filhotes.



As ondas atraem os surfistas, fazendo de Regência um dos melhores lugares para a prática do esporte. Foi gravado no local o filme “A Onda da Vida”. A cultura popular atrai visitantes nas épocas de festas como o tradicional carnaval da Fubica e a Festa de Caboclo Bernardo. 

Festa do Caboclo Bernardo em Regência

Esta movimentação turística fez com que algumas pousadas fossem abertas e a vila ganhou um pequena estrutura com mercado, padaria e restaurante. A Vila passou a ser frequentada. Mas muita gente só ficou sabendo de Regência a partir de 2015 quando houve o rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG) fazendo com que a lama descesse pelo Rio Doce até a sua foz.

A lama chegou e os peixes e turistas sumiram. Pousadas, comércio e casas fecharam. Os moradores que viviam da pesca ficaram prejudicados e os que viviam do turismo também. Mas aos poucos isto esta mudando e Regência vai recuperando o seu ritmo. Os eventos têm ajudado nesse sentido.

Bernardo José dos Santos ou simplesmente Caboclo Bernardo

Um pescador que nasceu e viveu na Vila de Regência, e que se transformou em herói com o naufrágio de um navio.

Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Praça com o busto do Caboclo Bernardo

Durante uma tempestade na madrugada de 7 de setembro de 1887 o Cruzador Imperial Marinheiro naufragava próximo a foz do Rio Doce. Alguns sobreviventes conseguiram chegar a Vila de Regência e pediram ajuda aos moradores que tentaram ajudar, mas o mar estava muito violento. 

O caboclo Bernardo depois de algumas tentativas conseguiu nadar até o navio levando um cabo preso nos dentes e através dele resgatou 128 tripulantes. Recebeu várias homenagens e foi condecorado no Rio de Janeiro pela Princesa Isabel recebendo uma medalha de ouro pelo seu ato heroico. 

Festa do Caboclo Bernardo em Regência

Caboclo Bernardo continuou em Regência com a sua vida simples de pescador e aos 54 anos de idade foi morto por um pescador com um tiro a queima roupa. Foi sepultado na vila e o seu nome foi dado a ruas e escolas no Estado do Espírito Santo. Em Regência tem busto dele na praça que também leva seu nome e próximo dela está o Museu Histórico que guarda a história do morador ilustre. E para homenagear o herói, todo ano acontece uma festa. 

Festa de Caboclo Bernardo e Encontro de Bandas de Congo


Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Banda de congo

Caboclo Bernardo ficou um pouco esquecido, então a partir de 1930 acontece no dia 03 de junho (data da sua morte) uma festa para homenagear o Herói Nacional. Este ano devido a greve dos caminhoneiros a festa aconteceu no fim do mês.

Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Banda de congo de Regência

A festa acontece na praça de sexta a domingo com programação esportiva e cultural. Tem encenação do Auto do Caboclo Bernardo e às noites acontecem shows musicais na praça. Este ano o principal foi da Banda Casaca, uma banda pop-rock capixaba com influências do congo, inclusive utilizando seus instrumentos. E no domingo tem o que eu mais gosto que é o encontro de bandas de congo. 

Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Congódromo, rua para o cortejo das bandas

Bandas de congo são grupos folclóricos religiosos próprios daqui do Estado e que se apresentam para homenagear o santo padroeiro ou em ocasiões especiais como este encontro de bandas. As bandas de congo tem uma importância muito grande para a nossa identidade cultural.  São formadas por homens e mulheres que o estandarte do santo padroeiro e dançam ao som predominante de dois instrumentos: o tambor e a casaca, este último é típico daqui.

Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Grupo de Reis de Minas Gerais

Há 28 anos a moradora conhecida como Tia Mariquinha teve a ideia de reunir bandas de congo durante a festa. E desde então a Vila de Regência é ocupada por bandas de congos de vários lugares do Espírito Santo e outros grupos folclóricos como Folia de Reis e Jongo que veem inclusive de outros estados. A cultura popular se faz presente e dá o ritmo da festa de Caboclo Bernardo. Foi a forma de manter viva a tradição.

Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Instrumento Casaca, típico do Espírito Santo

Os grupos chegam cedo e vão para a concentração. Tomam café da manhã, conversam, afinam os instrumentos, tocam e dançam. Depois vão para a igreja passando pelo “Congódromo”, uma rua especialmente preparada para o cortejo das bandas.  O evento além de festejar serve para reunir os Mestres de congo que conversam sobre assuntos pertinentes as bandas. Durante todo dia é possível ouvir e ver as bandas e grupos, mas é no final do dia que todos seguindo uma ordem se apresentam no centro da praça.

Festa do Caboclo Bernardo em Regência
Banda de congo indígena tocando a Casaca

Serviço

>> Se você gosta de festas populares, então agende aí para junho do ano que vem. Em Regência tem algumas pousadas, camping e casas de aluguel. Este ano reservei hospedagem no site Airbnb.
>> Tem padarias, mercados e poucas opções de restaurantes.
>> Para ir de carro a partir de Vitória siga pela rodovia ES-010, ate Vila do Riacho e pegue uma estrada de terra até a Vila de Regência. A viagem de carro dura cerca de duas horas. Outra opção é seguir pela BR-101 norte, até o município de Linhares e no distrito de Bebedouro entrar no trevo à direita na rodovia que leva até Regência. Este caminho também tem estrada de terra.
>> De ônibus precisa ir até a cidade de Linhares com a viação águia branca e lá pegar outro ônibus da empresa Unimar. Veja horários.

2 comentários :