ROTEIROS DE 06 DIAS PELO PIAUÍ

Piauí

 

É interessante como o Piauí, um estado que muita gente não dá nada por ele, tem uma paisagem tão diversificada. Eu, como muita gente só tinha a informação que é o estado mais pobre do Brasil, que é o único do nordeste que a capital não fica no litoral e que tem o menor litoral do país (66km). Eu imagina que fazia um calor da moléstia e hoje tenho certeza que faz. É muito quente!

 

O Piauí entrou no roteiro da viagem que fiz do Pará a Jericoacoara no Ceará. Aproveitei que já ia pras bandas de lá pensei por que não aproveitar para conhecer lugares como o Delta do Parnaíba e Barra Grande, e quem sabe um dos fantásticos sítios arqueológicos? foi aí que entrou no roteiro o Parque Nacional das Sete Cidades, e também a capital Teresina.

 

Fiquei somente cinco dias no estado, tempo suficiente para conhecer o que planejei, mas o estado tem muito mais para conhecer. A cada dia que passa descubro mais lugares interessantes, e já até passou pela minha cabeça voltar ao Piauí, apesar do calor terrível.

 

Apesar do cenário turístico, o setor não é tão desenvolvido e falta serviços e infraestrutura. O fluxo de turista é pequeno não favorecendo uma oferta maior de serviços e assim deixando eles mais caros. Falta também informações mais atualizadas sobre os lugares, neste quesito quem me ajudou muito foram os poucos blogs que escrevem sobre o destino.

 

Cheguei ao estado pelo aeroporto de Teresina e sai via terrestre indo em direção ao Ceará. Para ir de uma cidade a outra dentro do estado utilizei ônibus.

 

1º DIA

Cheguei a Teresina vindo de Belém. Ô terra quente sô! E o planejamento era aproveitar a tarde para conhecer a cidade, pernoitar seguir viagem na manhã seguinte, mas acabei indo embora no mesmo dia – e não foi por causa do calor não - fiquei decepcionado com a capital. Não sei se foi por era um Sábado, mas não consegui visitar a maioria dos atrativos pois estavam fechados e dois que consegui foram frustrantes (veja aqui como foi). Tudo bem que nunca imaginei Teresina como uma cidade turística (e não é), mas sempre espero o melhor de um lugar que visito.

 

Sai de Teresina no início da noite com destino a cidade de Piripiri para no dia seguinte tentar visitar o Parque Nacional das Sete Cidades (veja aqui como fazer a visita). Fui de ônibus com a empresa Expresso Guanabara, mas tem também a Viação Barroso com menos horários. A viagem teve a duração de três horas em estrada boa, foi tranquila e o ônibus mesmo sendo convencional era bom e tinha ar condicionado. Graças a Deus, porque mesmo à noite o calor continuava. Comi alguma coisa e cama, dormi em uma pousada próxima a rodoviária (o centro da cidade ficava mais afastada).

 

Teresina

 

2º DIA

O meu segundo dia no Piauí foi dedicado a conhecer o Parque Nacional da Sete Cidade (conto tudo aqui). O parque é incrível e para quem gosta de sítios arqueológicos e formações rochosas vale muito a pena. Fiz a visita com calma e ainda consegui seguir viagem (Expresso Guanabara novamente) até Parnaíba, a segunda maior cidade do estado. Foram mais três horas de viagem chegando já à noite. Logo de cara gostei da cidade, pois ventava muito e não sentia mais o calor infernal. Fui para o Hostel e só sai para comer alguma coisa e voltei logo. Parnaíba é a principal cidade para quem quer fazer o passeio pelo Delta do Parnaíba.

 

Paiuí

 

3º DIA

Foi o dia do passeio pelo Delta. Na cidade tem uns passeios tradicionais realizados em grandes embarcações com almoço incluso e com preços bons, mas Parnaíba apesar de fazer parte dos roteiros turísticos como a Rota das Emoções, o mais conhecido e mais importante, não tem um fluxo grande de turistas. Então esses passeios acontecem somente nos finais de semana quando tem público. Durante a semana é preciso contratar pequenas embarcações e fazer um passeio privativo ou conseguir outras pessoas para dividir o custo para não ficar tão alto. Como era uma segunda-feira, eu e outros turistas nos juntamos para não sair dali sem conhecer o Delta. O bom do passeio privativo é que temos mais liberdade e conhecemos mais do Delta (veja aqui como foi o passeio). Retornamos só a noite, dormi ainda na cidade e na manhã seguinte fui para Barra Grande.

 

Piauí

 

4º E 5º DIAS

Saí de Parnaíba para outro destino que queria muito conhece no litoral do Piauí: Barra Grande. Uma pequena vila com uma praia maravilhosa muito frequentada por turistas estrangeiros que descobriram o lugar devido o forte vento que faz com que a praia seja ideal para a prática do Kitesurf. Mas mesmo que não vai praticar o esporte, como no meu caso, aproveita muito Barra Grande. Eu fiquei ali um dia e meio antes de seguir viagem para o Ceará. Apesar de ser um lugar turístico, não tem tanta facilidade para chegar lá usando transporte público e pior ainda foi sair para ir a Jericoacoara.

 

Piauí

 

6º DIA

Na manhã seguinte, me despedi do Piauí saindo bem cedo de Barra Grande e indo para Jericoacoara no Ceará. Não foi tão fácil fazer o percurso não, peguei ônibus, carona e buggy. Contei como foi neste post.

 

Foram só seis dias no Piauí, mas pude ver uma paisagem diversificada com cenários únicos do sertão ao litoral percorrendo distancias relativamente curtas. Fui bem tratado e comi bem. Me incomodou a falta de estrutura turística na capital e mais ainda o calor. Pude ver como o sol castiga quem vive lá.

 

QUANDO IR

Durante o verão tem chuva. De maio a agosto é menos quente e daí em diante até Dezembro é calor forte, são os meses terminados em BRO.

4 comentários :

  1. Muito legal, Marcelo! Um roteiro bem diferente das tradicionais rotas de turismo do Brasil. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  2. Como você disse no início do post: a princípio Piauí tem tudo para não ser um bom destino de viagem, mas é pura falta de informação e você conseguiu mostrar muito bem isso. Apesar da capital, que não conseguiu fazer muita coisa, mas infelizmente isso acontece...
    Fiquei com muita vontade de conhecer o Piauí, principalmente o Pq Nacional. Vou ler os outros posts desta viagem ;)

    ResponderExcluir