DO OUTRO LADO DA ILHA DE VITÓRIA

313090_333936466691715_2053404891_n


Era de tarde num dia de calor em Vitória e um monte de coisas pra fazer, mas eu tinha um passeio pela baia de Vitória promovido pelo Projeto Ecobase – sobre o projeto eu escrevo depois – nem estava muito a fim de fazer, mas fui assim mesmo. Segui até a Ilha das Caieiras, local de onde sairia a embarcação, lá juntei – me com as outras pessoas do passeio. Embarcamos em um barco do projeto e saímos com a condutora e os pescadores que foram treinados e iniciamos o passeio.

Nos primeiros momentos eu não conseguia me desligar das minhas preocupações e curtir o passeio, tanto que alguém do barco perguntou se eu estava bem. Foi aí que percebi que precisava relaxar.

Daí em diante o comecei a curtir o movimento do barco, a baia de Vitória, a paisagem do manguezal, os pássaros, peixes, os pescadores em suas canoas tão distante da movimentação e barulho do centro de Vitória que fica bem perto dali. Nem parece que a ilha das Caieiras fica na capital do estado.


599985_333934906691871_773427842_n


575996_333934710025224_84400136_n


315433_333935950025100_2006363560_n


394448_333935506691811_629512960_n


Sei que o projeto não foi pensado como um simples passeio turístico de barco, mas para tantas pessoas que vivem na correria do dia ele serve muito bem como um belo passeio e uma fuga do dia a dia.

Fica ai então a minha dica,quando você estiver no centro de Vitória e precisa voltar para o seu bairro mas está aquele trânsito louco, calor insuportável, então vá para a Ilha das Caieiras faça o passeio e depois bem tranquilo siga a sua vida.

O projeto é promovido pelo Instituto Capixaba de Ecoturismo e visa à qualificação de condutores de ecoturismo com base na preservação e educação ambiental. E o local não poderia ser melhor, a Ilha das Caieiras. O bairro faz limite com a Estação Ecológica do Lameirão e com o Parque Natural Municipal Baía Noroeste, unidades de conservação que resguardam o remanescente de manguezal.

Os roteiros são realizados em barcos com capacidade para poucas pessoas e conduzidos por jovens e pescadores em uma visita monitorada de educação ambiental no manguezal conduzidas pela própria comunidades. E assim em contato com os moradores percebemos mais e melhor sobre o ambiente natural e cultural da baia noroeste da ilha de Vitória.

251955_333939590024736_2062492329_nEm determinados momentos, os visitantes deixam o barco e seguem em canoas por dentro do manguezal.

304699_333940360024659_1904614076_n

430205_333940610024634_1253019484_nEu com Gabriel (pescador), Fernando e Kelly (condutora).


430365_333940456691316_25992906_n


O acesso a Ilha das Caieiras é feito pela rodovia Serafim Derenzi, dentro da cidade de Vitória. Há ônibus regulares e, do centro de Vitória, o trajeto é rápido, com tempo médio de 15 minutos. Para quem vem do aeroporto ou dos principais hotéis que se concentram na Praia do Canto e na orla da Praia de Camburi, é possível acessar a rodovia via avenida Maruípe e, neste caso, o trajeto de ônibus leva em média 30 minutos (de carro, são 15 minutos).


Para fazer a visita monitorada entre em contato pelos telefones (27) 9972 - 2992 / 9748 – 6587, ou ecobase@ecoturismocapixaba.org.br

0 comentários :