FESTA DE SÃO BENEDITO, TRADIÇÃO NO ESPÍRITO SANTO.

Festa de São Benedito   Festa de São Benedito em Vila do Riacho – Aracruz.

São Benedito deve ser um dos santos mais populares no Brasil. De norte ao sul do país são realizadas festas para venerar o Santo, protetor dos pobres e negros. Benedito nasceu na Itália, mas era filho de escravos levados da África. Entrou para a vida religiosa  e fez votos de pobreza, obediência e castidade e, coerentemente, caminhava descalço pelas ruas e dormia no chão sem cobertas. Era muito procurado pelo povo, que desejava ouvir seus conselhos e pedir-lhe orações.

Aqui no Espírito Santo não é diferente, as festas se espalham desde a capital do estado até lugares pequenos no interior. A única coisa que muda é data da festa, enquanto nos outros estados comemora-se no mês de abril (mês de sua morte), aqui comemoramos, por tradição, no mês de dezembro. 

Festa de São Benedito
As bandeiras do Santo padroeiro

Festa de São Benedito
Bandas de congo de devoção de outros santos também participam

Festa de São Benedito
A rainha do congo levando a bandeira do santo

Segundo o pesquisador Clério Borges, Isso acontece devido o fato de que os senhores brancos se deslocavam até a sede do município de Serra com os seus escravos para a comemoração do Natal. Como Benedito era um santo admirado pelos negros, a festa passa de Abril para 25 de Dezembro facilitando aos negros de na sede da Serra comemoravam conjuntamente o Natal e São Benedito. Tais festejos ocorrem até 1833, quando o Padre André Massela transfere a festa para o dia 26 de Dezembro. Hoje é comemorado no dia 27 de dezembro, praticamente em todo estado.

A origem da Festa de São Bendito, contada pelos mais antigos, se dá a partir de um naufrágio de um navio negreiro Palermo na costa capixaba. A lenda seria de que os náufragos pediram proteção a São Benedito e se agarraram ao mastro da embarcação, que acabou trazendo-os à terra firme. Os tripulantes em gratidão fizeram a promessa de em todo ano homenagear ao santo pela graça obtida. Daí nasceu o hábito da fincada do mastro durante a festa do congo.

Festa de São Benedito
A puxada do mastro pelos devotos

Festa de São Benedito

Festa de São Benedito
Todas gerações tocam, cantam e dançam congo em louvor a São Benedito.

Há quem diga que a festa do mastro começou bem antes desse acontecimento. Mas de qualquer forma, no segundo domingo de dezembro, os devotos de São Benedito vão até a mata. Lá, escolhem o tronco de guanandi que será transformado em mastro e, finalmente, irá reger a festa do congo do ano seguinte.

Aqui no Espírito Santo, a maior festa de São benedito acontece na cidade de Serra, na grande Vitória. Ela é caracterizada por seguir todo o ritual de cortada, puxada, fincada e retirada do mastro. No dia 25 de dezembro é usada uma réplica do navio negreiro com o nome de Palermo em homenagem a cidade italiana onde Benedito viveu os seus últimos anos de vida, e sobre ele vai o mastro de São Benedito (é a puxada) acompanhado por uma multidão. No dia seguinte acontece a fincada do mastro em frente a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade. E no dia 27 acontece o encerramento da festa com o encontro das bandas de congo do município.

Festa de São Benedito
As bandas de congo entrando na igreja matriz de Serra para receber a benção do padre.

j
Festa de São Benedito

Festa de São Benedito
Festa de São Benedito em Serra, cidade da região metropolitana de Vitória

Aliás são as bandas de congo que marcam as festas populares dos padroeiros aqui no estado. Bandas de congo são grupos musicais folclóricos, religiosos que se apresentam principalmente nas festas homenageando o santo padroeiro, como São Sebastião, São Pedro, Nossa Senhora e o mais cultuado por elas São Benedito. São formadas principalmente por descendentes de escravos. Os homens tocam os instrumentos preparados manualmente como o tambor e a casaca, e as mulheres dançam, carregam a bandeira do santo e todos juntos cantam as cantigas tradicionais. É impossível ficar indiferente ao som das bandas de congo.

P1090708
Banda de congo com casacas e tambores. Impossível ficar indiferente ao som que sai destes instrumentos.

Festa de São Benedito

Já participei no encerramento da festa em Serra. As bandas passam pelas ruas da cidade, como em um desfile, indo em direção da Igreja Matriz. Cada banda vai cantando uma toada diferente ao som dos tambores e casacas. Quando chegam em frente a igreja, vai entrando uma a uma com toadas e danças até o altar onde está o padre que as recebe. Depois todas tocam juntas em frente o palco da festa.

Outro lugar que faz uma festa para homenagear São Benedito é o distrito de Vila do Riacho em Aracruz no norte do Espírito Santo. Lá vou sempre por ser próximo a Barra do Riacho onde mora parte da minha família. Acompanho a banda de congo São Benedito da Vila do Riacho e outras bandas convidadas de outros lugares na puxada e a fincada do mastro que acontece sempre no dia 27 . A festa não tem a dimensão da festa da Serra, mas é muito autêntica.

Festa de São Benedito
Os devotos fazendo suas orações junto ao mastro

Então se quiser ver como são as nossas festas de São Benedito, é só visitar o Espírito Santo no final de dezembro. Além de Serra e Aracruz, vários outros municípios realizam a festa.

0 comentários :