O que fazer na Rota do Lagarto

DSCF2612

 

O Inverno começou esta semana e até aqui na grande Vitória que não faz frio, tá fresquinho. Quando a temperatura baixa lembro logo da Rota do Lagarto em Pedra Azul, região serrana daqui do Espírito Santo. Uma estrada com apenas 08 km, mas com uma bela paisagem cênica que simplesmente caminhar por ela já é um passeio maravilhoso. Mas como se não bastasse a paisagem, ao longo da estrada tem vários atrativos que podem ser conhecidos em um dia. Isso mesmo! Não é tão tão distante de Vitória não, são só 88 km de distância, então dá para ir e voltar no mesmo dia. Mas se for o caso de ficar mais tempo tem opção de hotéis e charmosas pousadas com lareiras, além de bons restaurantes. Veja o que pode ser feito:

 

PARQUE ESTADUAL DE PEDRA AZUL

É o primeiro e principal atrativo, localizado no Km 2 da rota. Principal por abrigar a imponente pedra com 1822 m de altura, uma formação rochosa de granito conhecida como a Pedra Azul, símbolo da região que tem junto a ela outra pedra menor conhecida como pedra do lagarto. No parque o visitante pode fazer caminhadas, tem opção de trilhas com grau de dificuldade baixo como a do mirante que é a mais curta com 600 metros e a trilha que vai até a base da pedra com 950 metros, ou tem a trilha das piscinas com 1250 metros de percurso e com um pouco mais de dificuldade por ter escalar a pedra, mas é a mais interessante devido as piscinas.

 

As trilhas acontecem de sexta a segunda para o público em geral, e de terça a quinta para escolas. Há um limite de visitantes por dia e é necessário agendar pelo telefone (27) 3248-1156 (das 8 as 17 horas), e a última informação que tive é que está sendo preciso 02 meses de antecedência. Todas as trilhas são acompanhadas por um guarda ou guia do parque e tem um custo de R$ 15,00 por pessoa. A saída é do centro de apoio do Parque que fica a 800 metros da portaria, então chegue bem antes. Esse percurso é uma subida e achei pior que as duas primeiras trilhas (sou sedentário), não é permitido ir de carro. No centro de apoio tem banheiro, água e uma coleção de fauna e flora. No parque não tem lanchonete, restaurante nem hospedagem. Se for só visitar o parque não é preciso pagar.

 

DSCF3127

 

 

FJORDLAND – CAVALGADA ECOLÓGICA

Fica uns 500 metros depois, e é uma outra boa atração na Rota do Lagarto que vale a pena uma visita. Lá tem várias atividades, todas voltadas ao meio ambiente, como por exemplo, acompanhar a produção do café orgânico. Mas pra mim a melhor coisa é a cavalgada beirando a Pedra Azul nos robustos e dóceis cavalos da raça fjord de origem norueguesa e um dos mais antigos do mundo. Tem trilhas longas (suspensas no momento) e curtas, para criança e adulto.

 

As cavalgadas têm preços diferentes conforme o tempo de duração e estão inclusos equipamentos de proteção e seguro de Acidentes Pessoais. São acompanhadas por guias e acontecem em horários determinados com um número limitado de cavalos, portanto é bom agendar. Além das atividades desenvolvidas, a fjordland oferece loja de souvenir e uma cafeteria com vista privilegiada da Pedra Azul. Portanto não pense que só vale visitar o lugar se for fazer a cavalgada, o lugar é bonito e vale uma visita nem que seja para tomar um café olhando para a pedra.

 

A Fjordland abre ao público de sexta a segunda e feriados, de terça a quinta-feira, abre para grupos pré-agendados. A entrada custa R$ 5,00 e crianças até 12 anos não pagam. Veja mais informações AQUI NO SITE.

 

20160220_180620

Foto do site da Fjordland.

 

 

PEDRA AZUL ECOTUR

No final da Rota do Lagarto está a opção para quem quer fazer um passeio de bicicleta pela região. No 1º Encontro de Blogueiros de Viagens que aconteceu aqui no Espírito Santo, tive a oportunidade de conhecer a Pedra Azul Turismo e achei a ideia muito boa. Você aluga a bicicleta e fica a vontade já que diferente dos outros dois atrativo, não tem ninguém para determinar o que fazer e onde parar.

 

Na hora de alugar a bicicleta você escolhe qual o caminho quer fazer, tem duas opções, o Caminho das Flores e a própria Rota do Lagarto. Eu escolhi o caminho das flores por já conhecer a Rota do Lagarto. A vantagem que vi no Caminho das Flores é o fato de ter uma ciclovia e você pode andar melhor e mais tranquilo, mas se for escolher pela paisagem então a Rota do Lagarto é melhor.

 

Você ainda pode escolher entre a bicicleta tradicional e a bicicleta elétrica. O valor da primeira é R$ 30,00 e da segunda é R$ 65,00 para um período de 01 hora com tolerância de 20 minutos.  Mas só abre nos finais de semana e feriados, das 08h às 17h, contato pelo telefone (27) 99231-3736. Andar de bicicleta já é bom, andar com o visual da Pedra Azul é melhor ainda.

 

DSCF2625

 

Agora quando for a Rota do Lagarto você poderá escolher entre caminhar, cavalgar, pedalar ou simplesmente admirar a beleza da Pedra Azul. Leia também este post sobre a Rota do Lagarto em Domingos Martins.

 

COMO CHEGAR

Para conhecer este lugar, saia de Vitória no sentido sul pela cidade de Cariacica e siga pela BR 262.  São 88 km até chegar lá passando pela região serrana do Espírito Santo.

 

 

1º Pocando no ES - Encontro de Blogueiros no Espírito Santo

 

Realização: Capixaba na Estrada Apoio: Ibis Reta do Aeroporto, Ibis Budget Vitória, Secretaria de Turismo do ES Parceiros: Barba Ruiva, Fjorland Ecologia e Turismo, Pedra Azul ecotur, Hotel Ilha do Boi, PlaceOffice, Cafè Caramello, Guardian, Guia & Turismo Blogs Participantes: Comendo Chucrute e Salsicha, Casal no Mundo, In Routes, Marola com Carambola, Viagem Massa, Guia capixaba, Um olhar novo, Caixa de viagens Agradecimentos: Restaurante Travoletta, Restaurante Ilha do Caranguejo, Espresso Caffé

3 comentários :

  1. Sonho de consumo: uma bike elétrica.
    Saudades pessoal <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na ocasião não usei a bike elétrica, mas imagino que seja tudo de bom. Obrigado pela visita.

      Excluir