Pesca Esportiva do Espírito Santo.

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) acaba de participar de mais uma feira que trouxe uma novidade que deve incrementar a visitação ao destino Espírito Santo: a estruturação de um pacote totalmente voltado para os amantes da pesca oceânica na nossa costa, resultado de uma parceria entre a operadora paulista Nascimento Turismo e a operadora capixaba Poltrona 1. A formatação do pacote da Nascimento Turismo/Poltrona 1 é reflexo de contatos feito pela Setur durante a realização do 6º Salão Nacional do Turismo, realizado em julho.
O lançamento do pacote aconteceu durante a Pesca Trade Show, que foi realizada entre os dias 10 e 12 de agosto, no Centro de Exposições Frei Caneca, em São Paulo. Além disso, durante a feira, a Nascimento Turismo fez o lançamento oficial do Departamento de Pesca Esportiva, que já tem mais de 20 roteiros montados, tanto no Brasil ,incluindo o de Vitória, quanto no exterior (Argentina, Venezuela e Caribe), e espera atingir, nos seis primeiros meses de operação, algo em torno de 150 pescadores.
Pacote turístico
O pacote pode ser adquirido por uma única pessoa ou por grupos de até seis pessoas. As datas de saídas são definidas de acordo com a disponibilidade da lancha ou as condições do mar. Estão incluídos passagem área, receptivo, traslado, dois dias de pesca em lancha de ótimo padrão, equipamento de pesca, iscas, e serviço de bordo completo.
Além disso, o pescador também tem garantidos um seguro viagem especial e  um tour por um dos roteiros turísticos do Espírito Santo oferecidos pela operadora, de acordo com a sua preferência.
O objetivo é oferecer um produto de qualidade, investindo no conforto e na segurança que os clientes precisam, a começar pelo planejamento da viagem. O potencial turístico do Espírito Santo para esse segmento é inegável, com destaque para a pesca oceânica, já que a cidade de Vitória detém o recorde mundial da pesca do marlim azul (636 kg).
Pesca no Brasil
foto: Divulgação
O mercado brasileiro da pesca está em franco crescimento. Dados do Ministério da Pesca e Aqüicultura (MPA) mostram que o Brasil tem 10 milhões de pescadores, entre profissionais e amadores. Destes, 40%, ou seja, quatro milhões, investem em equipamentos e em viagens de pesca.
No entanto, ainda segundo o MPA, mais de 70 mil brasileiros estão indo para a Argentina para pescar, devido à estrutura de operação e pousadas mais adequadas. Os dados também indicam que há mais norte-americanos indo pescar na Argentina do que vindo ao Brasil.
Pesca em Vitória
A pesca oceânica, sem sombra de dúvidas, é o cartão de visitas da pesca em Vitória. Todos os anos, do Iate Clube do Espírito Santo, na praia do Canto, saem às embarcações para o Campeonato Internacional de Pesca Oceânica, que reúne os maiores pescadores de "peixes de bico" do mundo.
Em Vitória, foram conquistados dois recordes mundiais de pesca: o maior Marlim Azul, com 636 kg, pescado em 1992, e o maior Marlim Branco, com 82,5 kg, pescado em 1979. A melhor época de pesca do Marlim Azul é de outubro a março, e do Marlim Branco, é a partir de novembro. Mas em qualquer época do ano, a pesca é farta e certa.
O Estado também se tornou referência nesse segmento. O Iate Clube foi o primeiro no país a implantar o tagueamento dos peixes - marcação de peixes com o objetivo de monitorar sua locomoção e seu desenvolvimento, entre outros - e o sistema pesque e solte nas competições.
Há ainda outras modalidades de pesca. Nas praias de Camburi, Ilhas do Frade e Boi, e em toda orla da Baía, a pesca de arremesso, redinha ou puçá, rende ao turista boas histórias, ou quem sabe, um troféu num dos inúmeros concursos realizados na ilha.
O secretário Alexandre Passos falou sobre o apoio de divulgação do novo produto turístico. "Aproveitando uma parceria entre a Nascimento Turismo e o Programa Pesca Alternativa, do SBT, a partir de outubro, quando começa o período da pesca do marlim, a Setur estará junto com a operadora trazendo uma equipe do programa ao Estado."
Fonte: Secretaria de Estado do Turismo do Espírito Santo.
Mais informações: Poltrona 1 Turismo: (27) 3345-2282 - pesca@poltronaplus.com.br; Nascimento Turismo: (11) 3156-5972 - wandson.dias@nascimento.com.br.

0 comentários :