Passos de Anchieta: Primeiro roteiro cristão das Américas.


O roteiro é o quarto desse tipo existente no mundo – os outros três são os famosos caminhos de Santiago de Compostela, na Espanha; a trilha da Terra Santa, em Jerusalém; e a de Roma, na Itália.

Os Passos de Anchieta

No  final do século XVI o Padre Anchieta viveu os últimos 10 anos na província do Espírito Santo. O lugar escolhido foi a Vila de Rerigtiba, atual cidade de Anchieta. Mas regularmente ele fazia o trajeto a pé até a Vila de Nossa Senhora da Vitória (atual cidade de Vitória) onde cuidava do Colégio de São Tiago, sede dos Jesuítas na Província.

Os Passos de Anchieta


O roteiro feito pelo Padre foi resgatado em 1998 por um grupo de amigos depois de ter feito os Caminho de Santiago. A caminhada se consolidou e ganhou o nome de Os Passos de Anchieta que pode ser percorrida a qualquer época, mas a caminhada anual acontece em junho no mês da morte do religioso. Então todo ano milhares de andarilhos saem da frente da Catedral de Vitória para a caminhada de 100km até o Santuário localizado na cidade de Anchieta.

Os Passos de Anchieta


A caminhada é realizada por pessoas com objetivos diversos, do religioso ao esportivo. Reúne desde aspectos ecológicos e históricos a monumentos religiosos e culturais do Estado. No caminho paisagem urbana, mas o destaque fica para as praias mais naturais. Ao final de cada etapa, sempre acontece uma programação cultural com dança, música e outros atrativos locais.

Os Passos de Anchieta


Inicialmente “Os Passos de Anchieta” acontecia durante 3 dias sempre num fim de semana próximo ao dia 9 de junho, dia de sua morte. Com o tempo passou a ser realizado no feriado de Corpus Christi, beneficiando as pessoas que não têm disponibilidade de tempo e dividindo melhor a distancia percorrida por dia.

Os Passos de Anchieta


A caminhada oficial dos Passos de Anchieta é dividida da seguinte forma:
1º dia entre Vitória e Barra do Jucu (25 km);
2º dia entre Barra do Jucu e Setiba (24 km);
3º dia entre Setiba até Meaipe (24km);
4º dia entre Meaipe até Anchieta (23 km).  Totalizando 100 km.

O número de andarilhos aumenta a cada ano e isso requer uma grande infraestrutura com segurança, pontos de apoio com água e comida, e atendimento médico que envolve comunidade local, instituições e órgãos públicos. A realização fica por conta da Associação dos Amigos dos Passos de Anchieta (ABAPA), e para participar é preciso fazer a inscrição no site, que informações completas do evento e de hospedagem.

Os Passos de Anchieta
Santuário Nacional onde viveu o Beato na cidade de Anchieta, final da caminhada


Eu já participei 2 vezes dos Passos de Anchieta quando ainda a caminhada era de 3 dias, o que fazia com que percurso de cada dia fosse maior. Devido a minha (falta de) condição física, foi muito difícil pra mim, mas no percurso andarilhos e moradores locais estimulam a caminhada. Eu chegava muito cansado nos lugares de pernoite e não tinha nenhuma disposição para acompanhar a programação. Valeu muito a pena participar!


0 comentários :