DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA -2011

P1060045_3
 
 
Sexta feira, primeiro dia de desfile das escolas de samba do grupo especial no Sambão do Povo, em Vitória. Lá fui eu.
 
Quem vai a pé ou de carro tem que ir andando da região próxima da rodoviária até o Sambão. Com isso você tem que ir passando pela concentração das escolas e pelas barracas de comidas e bebidas. A agitação toma conta do lugar. Pra quem vai pela primeira vez fica meio confuso sem saber onde entra para os camarotes e para as arquibancadas, pois continua faltando sinalização no local. O pior que tirando o camarote do turismo que fica do mesmo lado das arquibancadas, os outros ficam no lado oposto, e para ir de um lado para o outro você tem que passar pela concentração das escola.
 
Fazer este percurso vendo as escolas se organizando, as pessoas vestindo as fantasias e o público serve para você ir entrando no clima do desfile. Muitas das pessoas que ficam ali não entram no sambão, ou porque não tem o dinheiro do ingresso ou porque preferem ficar ali vendo a preparação das escolas, e para isso levam cadeiras, comida e bebida e passam a noite fazendo o carnaval deles.


Quando passei pelas barracas lembrei que estava com fome, então fui experimentar uma novidade, pelo menos pra mim, o Self Service de pastel. Voce compra um desses “pasteis de vento” e complementa o recheio com um pequeno Buffet.

 

Depois de alimentado fui então providenciar o meu ingresso. Eu não comprei antecipado porque a fila é imensa e a venda é feita só num local, que besteira. Já teve carnaval que os ingressos eram vendidos em várias agencias bancárias e assim facilitava a compra. Acho que acabaram com isso para inibir a compra de ingressos pelos cambistas, mas pela quantidade de cambistas que eu vi ali parece que não deu muito certo.


Fui para o lado dos camarotes pois lá eu chegaria mais perto da pista e conseguiria fotos melhores, já que não tenho máquina profissional. Fiquei ali um tempo mas não consegui nada e não estava disposto a pagar caro por um ingresso de cambista.

 
Sai dali e fui então para o lado das arquibancadas, lá a própria organização do evento estava vendendo ingressos pelo preço normal (R$ 20,00) pois havia sobrado já que muita gente trabalha aos sábados.
 
Quando consegui entrar o desfile já havia iniciado, a primeira escola a desfilar foi a Pega no Samba. Foi eu entrar e a chuva começou, não deu nem para ir até a arquibancada, tive que me abrigar onde pude e logo tive que dividir o espaço com outros sem-teto.
 
Com o enredo Irmandade de Misericórdia, a escola fez uma homenagem às pessoas que doam vidas. Mas a chuva não teve misericórdia da escola, pois caiu com força no meio do desfile e para completar, um dos carros quebrou. A chuva não parava, muito pelo contrário, ficava cada vez pior. Com isso muita gente das arquibancadas foi embora.
 
 
P1050550_2
 
 
 
 
A Tradição Serrana teve que encarar a chuva e começar o seu desfile. A letra do samba dizia “Sou serrano, brasileiro, sou guerreiro”, e ela teve que mostrar toda sua garra para encarar a passarela com aquele tempo. A escola passou contando a história da fundação do município de Serra, mas muita gente da escola passou sem cantar o samba, inclusive destaques de carros alegóricos. Não estava legal.
 

P1050584_1
Logo depois de meia noite a chuva parou, então fui para a arquibancada e tive uma surpresa ao ver que ela estava toda ocupada.
 
P1050589_3 

Sem chuva o Sambão do Povo passou a ser palco da alegria. A Imperatriz do Forte entrou na avenida cantando o melhor samba do carnaval fazendo o público cantar e esquecer que havia chovido. A terceira escola da noite falou do barro como matéria prima, inclusive do ser humano.
 
 
 
P1050609_2
 
 
 
Dai em diante foi só alegria. A imperatriz do Forte deixou o público entusiasmado. No intervalo desci da arquibancada e como diz o ditado "quem tem padrinho não morre pagão" acabei indo parar no camarote de turismo, pra quem começou a noite debaixo da arquibancada, não estava nada mal. Mas o camarote só é bom para quem não quer ver o desfile, porque quem chega primeiro fica logo na frente e não sai mais. Mas eu consegui um espaço e pude registrar o desfile da quarta escola, a Independente de Boa Vista.
 
Falando de reciclagem a escola do município de Cariacica entrou na avenida para mostrar porque foi a campeã do ano passado. O desfile da Boa Vista foi muito bom do início ao fim, os componentes passaram animados e cantado o samba, contagiando o público. Mas eu gostei mais do desfile do ano passado.
 
 
P1050715_2 
 
P1050731_1 A baiana da direita eu lembro que desfilou o ano passado. Quem sabe ano que vem eu não a veja novamente, se eu tiver saúde porque ela tem muita.
 
 

A novo império entrou na avenida para encerrar a primeira noite de desfile. Com o enredo falando do papel, ela trouxe uma escola muito bonita para o Sambão do Povo. Não gostei muito do samba, se tivesse um samba igual ao da Boa Vista, ela arrebentava a boca do balão. A orquestra imperiana, como é chamada a bateria da escola, deu um show.
 
 
P1050737_2 
P1050749_2 

Assim terminou o desfile da primeira noite. No dia seguinte mais cinco escolas desfilaram. No sábado, como sempre acontece, o Sambão do Povo estava lotado. Nesta noite não fui para camarote nenhum, fiquei mesmo na arquibancada, o clima é outro, acho que é por isso que os jurados não ficam ali, para não serem contagiados com a vibração e torcida das pessoas. E as escolas não desapontaram o público, apresentaram um belíssimo espetáculo.
 
A noite começou muito bem com a Independente de São Torquato apresentando o enredo Quimeras. A escola estava bonita e confiante com a comunidade na avenida contando a sua própria história. Foi a melhor apresentação dos últimos três anos. E junto com a Unidos da Piedade foi uma grande surpresa da noite de sábado.
 
 
P1050789_1 
 
 

Em seguida desfilou a Unidos da Piedade, a escola mais antiga de Vitória e a que mais campeonatos ganhou. Com o enredo falando de espetáculo deu logo um show desde o inicio com sua comissão de frente, a melhor de todas. E o seu samba seguiu a risca a frase "minha Piedade sacode a cidade" fazendo o público cantar e sair do lugar.
 
 
P1050894_2
 
 
A Unidos de Barreiros foi a próxima escola a desfiar, falou da imigração italiana, alemã e pomerana no Espírito Santo. E para isso trouxe seus descendentes para sambar na avenida.
 
 
P1050935_2 
 
Depois da Barreiros, ainda desfilaram a Unidos de Jucutuquara, de Vitória, e a Mocidade Unida da Glória (MUG), de Vila Velha. São as escolas que arrastam o maior público para o sambão do povo, que comparece com a expectativa de ver qual das duas será a melhor, já que elas disputam entre si independente do campeonato oficial. 
 
 
A Jucutuquara se apresentou muito luxuosa, com um número grande de componentes mas fez um desfile morno. Seguiu a risca o tema do enredo "Dá um tempo!" e parou na avenida para cobrir buracos, e quase ultrapassa o tempo de desfile.
 
P1050948_2
 
P1050979_1 Rainha da bateria.
 
 
A ultima escola deste ano a desfilar foi a Mocidade Unida da Glória. A MUG encerrou  a noite em grande estilo, foi bem melhor que a sua principal concorrente. O público participou do desfile durante toda apresentação da escola. Ela saiu da passarela como grande chance de ser a campeã deste ano.
 
 
P1060006_2 
 
P1060035_1 
 
 
Assim foi o desfile esse ano, maravilhoso. As escolas estavam ótimas e apresentaram um belo espetáculo, umas mais luxuosas outras mais simples conforme a situação econômica de cada, mas com criatividade as diferenças entre elas estão diminuindo e com isso teremos uma disputa mais acirrada e cada vez melhor, isso vai fazer com que o público não vá ao Sambão do Povo para ver só o desfile de duas escolas.
 
Espero que a organização do evento acompanhe o crescimento e melhora que as escolas estão tendo, oferecendo uma melhor estrutura de acesso e conforto para o público que comparece ao Sambão do Povo prestigiando o desfile das escolas de samba em Vitória.
 
Ano que vem espero poder ir novamente e quem sabe conseguir uma credencial para poder acompanhar de perto e com uma boa máquina registrar com fotos bem melhores do que essas, o carnaval capixaba.

4 comentários :

  1. E cadê a escola Império da Barra?? rsrs
    “Lembrei que estava com fome” foi uma boa desculpa rsrs
    Enfim o esperado aconteceu a MUG foi realmente a campeã.
    Ótima cobertura do carnaval parabéns !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Veleu Thiago, continue visitando o blog.

    ResponderExcluir
  3. Amigo, voC~e saberia onde posso conseguir DVD com os desfiles das escolas de samba ES? Sou capixaba, apaixonada pelas escolas e não consegui assistir o desfile deste ano...anaroen@yahoo.com

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela visita e volte quando quiser.

    Tentei alguma informação a reseito do vídeo mas não comsegui.
    Sugiro que procure a secretaria de cultura de vitória, pois ela que é a organizadora. O secretário é o Alcione Alvarenga
    Telefone(s): (27) 3132-2081 | E-mail: alcionepinheiro@vitoria.es.gov.br

    Ou então a LIESES - liga dasescolas de samba do Espírito Santo. Contato: contato@lieses.com.br

    Um abraço.

    ResponderExcluir