Fazenda Água Viva em Bonito

Bonito

Depois de passar pela estrada parque do pantanal Sul (leia aqui como foi) e 02 noites em Corumbá, a Capital do Pantanal, saímos às 08h30min em direção a Bonito, outro paraíso ecológico do Mato Grosso do Sul. Porém antes de chegarmos ao nosso destino, paramos no município de Miranda para um almoço pantaneiro acompanhado de música. Já estava calor e com a dança então, o clima esquentou mais ainda.

Por volta das 16 horas chegamos a Bonito, uma cidade pequena com aproximadamente 20.000 habitantes. A cidade atrai muitos turistas o ano todo devido o a prática do turismo ecológico e de aventura.  Nos hospedamos no hotel Marruá com uma excelente estrutura e bons serviços.

Bonito
Pirarara, peixe da região. Monumento na praça central de Bonito.

A noite fomos para o centro da cidade onde ficam as lojas de artesanato, sorveterias, restaurantes e o comércio em geral. Resolvi aceitar a sugestão do hotel e fomos ao restaurante Casa do João. E valeu muito a pena ter ido lá, a comida é muito boa e o atendimento é rápido. Fomos muito bem atendidos pelos garçons e pelo próprio João que chegou mais tarde. Na Casa do João, como em outros restaurantes da cidade, é servido carnes exóticas como a de jacaré e os vários tipos de peixe da região como o Pirarara e a Tainha. Jantei uma tainha aberta sem espinhas simplesmente maravilhosa.

No dia seguinte demos início ao roteiro de passeios em Bonito. A cidade oferece passeios suficiente para ocupar vários dias do turista, mas nós só tínhamos dois dias e meio e não podíamos perder tempo. Às 08 horas saímos, acompanhados pelos guias Ramon e Ailton, em direção a fazenda Água Viva onde estão as cachoeiras do Rio do Peixe. A fazenda fica 35 km do centro da cidade em estrada de terra. Na sede da fazenda fomos recebidos por uma arara azul.

Bonito

O passeio teve início com uma caminhada,  em um lindo cenário. O percurso é feito através de trilhas margeando o rio que passam em várias cachoeiras, piscinas naturais e pequenas grutas submersas. Durante o passeio fizemos várias paradas para banho, mergulho e até para a prática da tirolesa.  Terminamos o passeio no fim da manhã exaustos, deslumbrados e com muita fome, e depois do maravilhoso almoço, só tive forças para deitar em uma rede. Atitude que foi seguida por várias pessoas. Cochilei e acordei com o burburinho por causa dos macaquinhos que apareceram para comer as bananas oferecidas pelos turistas.

BonitoPé de cortiça na segunda foto

Bonito

Bonito

Bonito

O passeio foi o dia inteiro e ao custo de R$ 95,00 com almoço, acompanhamento de guias e sem transporte. Os passeios em Bonitos são realizados com planejamento e organização, todos eles são feitos em grupos pequenos respeitando a capacidade de carga do atrativo, acompanhados de guias de turismo credenciado pelo Ministério do Turismo e é preciso fazer reserva com antecedência em uma das agências de turismo da cidade. Os preços são tabelados.

A noite no hotel, uma passageira do meu grupo comentou que se a viagem acabasse depois daquele passeio ela já estaria satisfeita. Ela falou isto porque certamente não tinha ideia do passeio da manhã seguinte. Leia aqui como foi.

2 comentários :

  1. Marcelo tenho muito orgulho de ter um amigo tão aventureiro como você!! Parabéns pelo exelente trabalho você é 1000!! Adorei todas as fotos!!BjOO Grande!! SUSIANE

    ResponderExcluir
  2. Valeu Susiane, obrigado pelo elogio.
    Bjs

    ResponderExcluir