Beco do Batman, nem tudo é cinza em São Paulo

Beco do Batman

De um tempo pra cá comecei ver amigos postando fotos do e no Beco Do Batman e me perguntava que lugar novo é este em São Paulo? Mas para a minha surpresa não é um lugar novo, ele já existe desde dos anos de 1980 quando um grupo de grafiteiros passou a frequentar o local. Mas o grafite na região começou antes ainda num pequeno espaço próximo dali conhecido como beco do Aprendiz. Com o aumento de grafiteiros no local, muitos mudaram de  lugar dando origem ao Beco do Batman, que tem este nome porque havia ali o desenho do personagem. 

Beco do Batman
Fui durante a semana e ele estava vazio

Mesmo indo sempre a São Paulo eu nunca soube desse lugar e prometi que na minha próxima viagem à terra da garoa eu iria conhecer. Fui mês passado e encontrei o beco vazio, fiquei surpreso pois devido a fama o beco vem recebendo muita gente que usa o local como cenário para vídeos e fotos, principalmente selfies. Dizem que no final de semana é uma multidão, então fiz bem (mesmo sem planejar) em ter ido numa manhã no meio da semana . Durante o tempo que fiquei ali só passou uma ou outra pessoa da região e uns dois turistas que apareceram depois, fiquei até um pouco inseguro, mas é bem tranquilo. 

Cheguei e fui passando, de repente já estava no final, me perguntei: é só isto? Cheguei a pensar que não fosse ali. Mas me toquei que é ‘Beco do Batman’ e não ‘Avenida do Batman’. Vi tantas fotos diferentes que esperei encontrar uma rua imensa, mas ai parei e voltei os mais de 150 metros observando, curtindo e fotografando os trabalhos com calma e no tempo do beco e não no tempo da minha ansiedade de conhecer mais um lugar.

Beco do Batman

Beco do Batman

Beco do Batman
Grafite do artista Paulo Ito

No beco do Batman os grafiteiros encontram apoio para imprimir a arte de rua. Os murais coloridos ocupam todos espaços nos muros, escadas e paredes, transformando o local numa galeria a céu aberto. Lá os grafites são preservados sendo apagados somente para fazer outro no lugar, o que permite que sempre tenha trabalho novo para ver, estimulando um retorno ao beco.

Beco do Batman
O lugar mais espaçoso do beco

Muita gente famosa já foi conhecer o Beco do Batman. Quem visitou o lugar ano passado foi Ron Wood, guitarrista dos Rollings Stones que aproveitou para grafitar o símbolo da banda. Veja na primeira foto deste post.

Para conhecer o Beco do Batman não demora muito tempo (ele vazio como encontrei), então é bom aproveitar a visita para conhecer outros lugares em Vila Madalena. O bairro tem ateliês, restaurantes e é boêmio, o que não falta  são bares. Mas se quiser continuar na linha dos grafites vá conhecer o Beco do Aprendiz (eu não conheci porque não sabia dele).

Beco do Batman

Dias depois que visitei o beco, um morador resolveu cobrir o grafite do muro da sua casa.  Apesar de gostar dos grafites e apoiar o trabalho dos artistas, seu João pintou o muro de cinza em protesto para chamar a atenção das autoridades e pela falta de respeito com os moradores por parte de muitas pessoas que frequentam o lugar. Mas tudo acabou bem e logo ele liberou o muro para um novo grafite.

Quando for visitar o Beco do Batman (ou qualquer outro atrativo turístico) respeite os moradores e as residências. Turismo só valer a pena se for bom também para as pessoas que vivem no local.

Beco do Batman
Trabalho que estava no muro que foi pintado de cinza pelo morador. Painel comunitário dos artistas Speto, Ciro e Binho Ribeiro

Beco do Batman

COMO CHEGAR

Rua Gonçalo Afonso e Rua Medeiros de Albuquerque – Vila Madalena.
De metrô:
Fui pela Estação Vila Madalena da linha verde e continuei andando 1600 metros, praticamente só descida. Na volta indicaram ir pela Estação Sumaré, também da linha verde, um pouco mais próxima, mas achei o caminho pior. Tem também a estação Fradique Coutinho, não conheci o caminho, mas passa pelo do Beco do Aprendiz.

Beco do Aprendiz: Entre as ruas Belmiro Braga e Padre João Gonçalves.

0 comentários :