Cassino Social J Cruz, origem da Chorrilhana em Valparaíso – Chile


Casino Social J Cruz
Pode entrar, não tenha medo.

Um beco, uma porta, um prato. É assim mesmo, no singular o Casino Social J Cruz. Lugar que encontrei nas minhas pesquisas sobre gastronomia do Chile. Fica na cidade litorânea de Valparaíso e que segundo o próprio site, foi onde teve origem a Chorrillana (origem questionada), um prato típico com batata frita, cebola, ovos mexidos e carne.

Pronto, a cidade que já estava no meu roteiro agora mais do que nunca ganhava um espaço maior na minha programação. Não tanto pelo prato, que é bastante popular no país e pode ser encontrado desde um restaurante a um pé sujo, mas pelo lugar e sua história. Ainda segundo o site do J. Cruz, o prato foi criado para amenizar a situação alcoólica dos primeiros frequentadores (estudantes universitários) que só bebiam e assim podiam perder a compostura no estabelecimento. Como estudante não tem grana, tinha que ser um prato farto e barato.

Casino Social J Cruz
Local do J Cruz.

Fui conhecer Valparaiso com um monte de informações negativas. E como não bastasse isso, o blog que provocou em mim o interesse de conhecer o Cassino Social J. Cruz, também dizia ‘Quando se olha a entrada a partir da rua, a impressão que se tem é de que se trata de sequestro. O boteco fica lá no fim de um estreito, escuro e interminável beco sem saída com muros grafitados, onde não passa carro’. Confesso que fiquei apreensivo, mas a curiosidade era grande e segui em frente, mas com a possibilidade de desistir.

Exagero! Não é assim. Tudo bem que fui durante o dia e o pequeno beco com paredes pichadas, feio e estranho não causou medo. Não é difícil de achar, mas quem não sabe a respeito e não for com o propósito de encontrar o J. Cruz, certamente passa direto pela entrada.

Casino social J Cruz

Parei, olhei para aquele beco e fui logo entrando. O pequeno… restaurante? Boteco? bar no fim do beco estava lotado com uma animação que não percebi da rua. As pessoas falavam e riam sem cerimônia e descontraídas. O público era bem diversificado, em um canto do pequeno salão havia um grupo de estudantes locais. Na mesa ao lado um grupo de senhoras divertidas paqueravam o garçom, um senhor da idade delas que entre uma Chorrillana e outra, tocava um violão e cantava.  Eu compartilhei uma mesa com três chilenos da capital.


Casino social J Cruz

No teto, um monte de objetos pendurados e as paredes estavam cobertas por fotografias deixadas por visitantes (por isso também é chamado de museu). Pensei que estivesse entrando para almoçar em uma sala de promessas da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, lugar onde pessoas deixam objetos ou fotos para agradecer à santa a graça alcançada. Pois é, no J. Cruz as pessoas deixam suas fotos ou escrevem onde conseguir (inclusive nas paredes externas), para registrar a visita. Eu também registrei a minha presença na toalha da mesa.

Casino social J Cruz

Enquanto eu olhava para tudo aquilo que acontecia ao meu redor, veio uma simpática garçonete me atender e antes que eu tivesse tempo de pedir o cardápio, ela perguntou para quantas pessoas. Quando perguntei por ele (cardápio), respondeu que não tinha e que só serviam a Chorrillana. É, lá o máximo que você pode escolher é o tamanho da porção, para 1, 2 ou 3 pessoas.  A Chorrillana é um prato compartilhado (tá explicado as mesas coletivas), e come como tira-gosto.

Casino social J Cruz

Como entrada foi servido pães e um molho picante muito bom. E para acompanhar pedi uma (duas) cerveja Escudo. Logo chegou o prato principal, a estrela da casa. Achei a porção pequena mas com os pães deu para ficar satisfeito. Fiquei foi com inveja da porção que veio para os três que dividiam a mesa.

Gostei, estava com fome, mas não é nada extraordinário (há quem diga que tem melhores em outros lugares). Confundiria facilmente com um tira-gosto de carne com fritas servido nos bares do Brasil. Achei que tinha muita batata (gordurosa) e pouca carne. Mas lembram? o prato foi criado para matar a fome e tinha que ser barato (paguei um pouco mais que 7.000 pesos com as cervejas). Hoje já existem outras variações com outros tipos de carne e outros ingredientes. Comi uma dessa variações em Santiago e não gostei.


Casino social J Cruz


Mas como coloquei no início, eu não fui lá pelo prato (mesmo porque não sou fã de batata frita), mas fui pelo lugar. E adorei. O lugar é simples, bagunçado, barulhento e divertido. Portanto se você é cheio de frescura, não Vá.


ENDEREÇO

Calle Condell 1466, Casa 11, Valparaíso, centro – Chile
Parece que tem uma filial, mas esse é o endereço tradicional.
Tel.: 32-221-1225.


Veja o roteiro da minha primeira viagem ao Chile AQUI

0 comentários :