ATINS, UM DIA INTEIRO NO PARQUE DOS LENÇÓIS

DSCF6767

No primeiro dia em Atins, juntei - me a um grupo bacana de pessoas que estava na pousada, o Nelson de são Paulo, Israel e Letícia de Minas e Anderson e Angeline do Rio. Juntos fizemos um passeio para ver a revoada dos guarás. No segundo dia o grupo ficou maior com o Olivar e Flávia, também do Rio, e mais outro casal que também estava na pousada. Depois  de um café com uma deliciosa tapioca saímos para um passeio de dia inteiro pelas dunas e lagoas do Parque dos Lençóis até o Canto de Atins onde comemos o famoso camarão grelhado.

Acompanhados pelo guia, iniciamos a caminhada passando pela praia antes de alcançarmos as dunas do parque. O passeio foi feito todo a pé e andamos bastante durante todo dia, passamos por vegetação de restinga, região alagadiça e areia fofa. Eu que sou sedentário e estou acima do peso, pensei que fosse sofrer muito. E alguns momentos cansei, mas consegui. Mas no fim do dia valeu a pena caminhar pelo parque e terminar o passeio com o pôr do sol na praia.

DSCF6752
Foto tirada do alto das dunas, ao fundo o oceano e a foz do Rio Preguiça.

Atins, a exemplo de Santo Amaro do Maranhão, está  colada ao Parque dos Lençóis maranhenses e chega-se facilmente caminhando. Eu já havia feito um passeio grande dentro do Parque em Santo Amaro, e gostei muito das lagoas e dunas que vi naquele lado. Mas o impressionante dos Lençóis Maranhenses é que cada lugar é único. A paisagem desse lado é diferente, não vi tantas lagoas mas tem uma mistura de restinga com areia, rio com mar que deixa o lugar fascinante.


DSCF6757
Depois de alguns minutos caminhando, tínhamos do lado direito a restinga em direção ao oceano, e do lado esquerdo lagoa no parque. Foi a primeira lagoa que paramos para banho, mas não demoramos muito ali.


DSCF6770
Depois mais alguns minutos caminhando, se divertindo com o animado grupo e tendo que ouvir as ‘vantagens’ do nosso guia, chegamos a outra grande lagoa. Nesta paramos por mais tempo e ficamos ali aproveitando a água, foi a maior lagoa do roteiro. Por mim ficaríamos mais tempo, mas o nosso guia estava querendo ir logo para Canto de Atins onde seria servido o  almoço.


Antes de saímos tivemos que escolher onde almoçaríamos, no Restaurante da Luzia ou no Restaurante Canto dos Lençóis. Eu já viajei programado para almoçar no Restaurante da Luzia, mas o grupo influenciado pelo argumentou do guia, escolheu o Canto dos Lençóis. E lá fomos nós. Mas os restaurantes ficam um ao lado do outro, então eu, Nelson, Israel e Letícia almoçamos nos dois para escolher o melhor (leia aqui como foi).


DSCF6777

Mais um tempo de caminhada e chegamos a Canto de Atins. É um lugar que fica aproximadamente uma hora e meia de caminhada de Atins, nós gastamos mais tempo porque fomos parando. No lugar só tem os dois restaurantes que servem o camarão grelhado que ficou famoso depois que Ricardo Freire do Viaje na Viagem escreveu elogiando. Os restaurantes também oferecem hospedagem para quem faz a travessia do parque.

Foi o que fizeram o Anderson e Angeline. Eles não retornaram com o grupo, dormiram ali e no dia seguinte iniciaram a caminhada de três dias pelo Parque dos Lençóis até a cidade de Santo Amaro. Leia o relato deles AQUI.

DSCF6783


Ficamos um bom tempo ali no almoço, eu diria muito tempo. Se eu estivesse sozinho teria sido demais e mal aproveitado já que não conhecemos o entorno do lugar. Eu li que o passeio a Canto de Atins pode ser feito combinando o almoço com banho na lagoa verde que fica a uma caminhada dali. Passa no restaurante, marca o almoço, vai a lagoa verde e no horário certo retorna (isso nem foi sugerido). Mas como eu estava com um grupo legal, isso não fez falta, o tempo foi perfeito e bem aproveitado. Rimos, conversamos, bebemos, almoçamos e almoçamos, e relaxamos nas redes antes de começarmos a caminhada de retorno.

No caminho de volta:

DSCF6771

DSCF6790

DSCF6796


DSCF6799


O retorno foi direto até a praia sem parada em lagoas e passamos por uns trechos mais pesados de caminhada. Na praia paramos e tomamos banho no Rio Preguiça. Saímos de lá só com o lindo pôr do sol.


DSCF6802
Sol e lua.

À noite saímos para beber, comer e festejar. Fomos primeiro ao Bar do Chico, lugar bem simples onde bebemos a cerveja mais gelada dos Lençóis e comemos um saborosa carne de sol. Depois mudamos para o restaurante e bar da Pousada do Irmão que fica em frente ao Chico, onde bebemos uma cerveja quente e comemos um delicioso robalo grelhado. Mas os preços são bons e o Irmão é gente boa e prestativo.

Naquela noite estava acontecendo uma festa de São João em um povoado perto dali, mas ninguém tinha pique para andar mais.


DICAS
* Existe a opção da fazer o passeio de carro com tração 4X4. Fazer de carro tem a vantagem de aproveitar o tempo indo em mais lugares, e você não vai andar tanto. O valor estava R$ 50,00 na pousada do irmão.
* Para o nosso passeio pagamos R$ 25,00 por pessoa (éramos dez) ao guia. Um preço bom para ter alguém a nossa disposição durante o dia todo. Porém, no dia anterior teve um casal que pagou o mesmo valor cada um. Tivemos sorte que foi um grupo bom, mas poderia ter sido horrível. Então sugiro que faça o passeio com duas ou três pessoas, assim você curte mais e é mais fácil de combinar as coisas.
* Sobre o guia ‘Maduro” eu não gostei de lidar com ele. Tá sempre contando vantagem,  quer ser a atração, durante o passeio no Parque falava o tempo todo não sendo compatível com um guia de atrativos naturais (várias vezes eu afastei para poder curtir melhor os Lençóis), atrasou para sair com o passeio. Ele fica na pousada da Tia Rita, sugiro procurar outro guia.

5 comentários :

  1. Ola Marcelo, estou devorando o seu blog, de post em post!! Otimos textos!!
    Estou planejando uma viagem aos lençois daqui algumas semanas e quero muito ir a santo amaro, mas também conhecer as lagoas principais perto de barreirinhas e atins (o famoso camarão). Como vc fez pra ir de santo amaro a atins? Quanto tempo levou? Não tenho muitos dias então preciso saber se vou conseguir fazer os tres povoados.
    Ficaria extremamente grata se pudesse responder essa duvida!!!
    Obrigada,
    Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela. Sai de madrugada de Santo Amaro de Toyota até o povoado de sangue e segui até Barreirinhas e de lá fui a Atins. A logística é chata mmas vale a pena Santo Amaro.
      Explicar no comentário e complicado. Leia o post COMO IR DE SÃO LUÍS A SANTO AMARO DO MARANHAO.
      E leia também o post sobre o passeio pelo Rio Preguiça que eu explico como sai de Santo Amaro e fui a Atins.
      No post inicial sobre os Lençóis eu coloquei o meu roreiro dia a dia.
      Boa viagem e aproveite.

      Excluir
    2. Desculpe os erros mas escrevi no celular.

      Excluir
  2. Oi Marcelo, obrigada, no fim acabei mesmo lendo os outros posts do seu blog depois desse e entendi toda a logistica. Muito bem organizados, falando nisso!!
    Obrigada pela resposta!
    Agora tenho mais certeza de que todo o "saculejo" valera a pena!!
    :-)

    ResponderExcluir