Começou a maior festa religiosa do estado

Foto: Anny Kathariny


Já está pronta a programação da tradicional Festa da Penha, que movimenta o município de Vila Velha e o turismo religioso do Espírito Santo.  Os festejos da padroeira do Estado começaram neste domingo (31/03) e seguem até a próxima segunda-feira (08/04). A expectativa é de que cerca de 1,3 milhão de pessoas participem.

Símbolo da fé do capixaba, a Festa da Penha tem apoio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e é realizada há 442 anos. É o maior evento religioso do Espírito Santo e o terceiro maior do País em número de fiéis, atrás somente da Festa de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida do Norte (SP), e do Círio de Nazaré, em Belém (PA). A cada ano a celebração atrai mais devotos.

Um dos pontos altos da festa é a tradicional Romaria dos Homens, realizada há 62 anos, que atrai mais de 100 mil fiéis. Inicialmente criada para estimular a participação masculina na Festa da Penha, hoje é a maior romaria de homens do Brasil. Os romeiros caminham por 14 quilômetros, desde a Catedral de Vitória até ao Convento da Penha.

Além disso, outras romarias fazem parte do evento, como a dos cavaleiros, das mulheres, dos militares, das pessoas com deficiência, dos ciclistas, dos motociclistas e romaria marítima. Há ainda aquelas organizadas pelas dioceses de Colatina e de Cachoeiro de Itapemirim.

   
Convento da Penha

Maior ícone do turismo do Espírito Santo, o Convento da Penha é uma construção de arquitetura característica do período colonial brasileiro, sendo tombado, em 1943, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico Cultural.

O Convento está localizado num penhasco de 154 metros de altitude e a 500 metros do mar, envolto por uma faixa de 50 hectares de mata atlântica. Foi fundado por Frei Pedro Palácios, que chegou ao Espírito Santo em 1558, trazendo consigo o Painel de Nossa Senhora das Alegrias. Uma réplica do Painel fica no oratório da Gruta Frei Pedro Palácios, lugar que serviu de abrigo ao frade quando ele chegou ao Espírito Santo.

O Largo do Convento (ou campinho) foi o local escolhido para a construção de uma capela dedicada a São Francisco de Assis, em 1562. Anos depois, em 1568, no alto do penhasco foi edificada outra capela que recebeu a imagem de Nossa Senhora da Penha, vinda de Portugal em 1569. Desde então, a Capela da Penha sofreu mudanças, ampliações, restaurações e hoje abrange uma área de 632.226 m².


Além das tradicionais romarias, a Festa da Penha reúne shows cristãos e atrações musicais locais e nacionais.


Fonte: Material retirado da Secretaria de Estado de Turismo.

0 comentários :