URUGUAI E ARGENTINA: 8º dia: Mar Del Plata - 18/08/06.

Bom pessoal, depois de um bom tempo sem olhar para o computador, estou de volta para continuar o meu relato de viagem pela América do Sul.

O meu 8º dia de viagem foi marcado por um tour por Mar Del Plata pela manhã e a tarde livre para andar pela cidade.

Bairro residencial. Foto de Internet.


Gruta de Nossa senhora de Lourdes. Foto de Internet.

Às 9h45min saímos do hotel acompanhados pela guia de turismo Maria Isabel para o City Tour. Fizemos um panorâmico pelo centro e seguindo fomos passando por bairros residenciais e elegantes da cidade. Continuando, fizemos uma parada na gruta e capela Nossa Senhora de Lourdes, uma espécie de santuário onde anualmente é visitado por milhares  de devotos e turistas. Paramos também no porto da cidade onde vale a pena uma visita. Lá encontra gastronomia, comercio de produtos do mar, cemitério de antigos barcos além de desfrutar a reserva de lobos marinhos ou simplesmente fazer uma caminhada.

Porto de Mar Del Plata. O principal porto pesqueiro da Argentina.

Foto de Internet.

Por fim a orla e almoço no restaurante Palácio dos Bifes às 12h45 min. Se em outros restaurantes da Argentina o bife já é grande, imagina no Palácio. E é claro que almocei um bife maior que o prato ( 20 pesos ).
A cidade com um população aproximada de 650.000 habitantes pertence a província de Buenos Aires e fica distante 404 km da capital da Argentina. Situada na costa do oceano Atlântico é a Punta Del Este da Argentina, onde a combinação de praia e cassinos atrai milhares de pessoas para  a cidade. Eu particularmente gostei mais de Punta.

Cassino Central ao fundo. Construído em 1938 teve seu auge nos anos 60 e 70. Na verdade é um complexo com centro de convenções, hotel, cassino e até área esportiva onde inclusive sediou os jogos Pan-Americanos em 1995.

Cassino central. Foto de Internet.

Na tarde livre eu fui conhecer o Cassino Central, o mais famosos da cidade e achei muito deprimente, tinha vários idosos jogando em um ambiente que fedia cigarro. Mas eu sou suspeito pois não gosto de cassino e nem de jogo. Andei pela ruas centrais do comércio e também não achei nada diferente do que se vê nos balneários brasileiros.

À noite fomos comemorar a nossa visita a Mar Del Plata no bar e restaurante La Llorona e nos divertimos muito com uma bela vista da orla.


As praias são cheias de barraquinhas onde as pessoas ficam, como se fosse um loteamento.


0 comentários :